segunda-feira, 23 de abril de 2012

Collie na mídia - erro de identificação




Olá!

Hoje vim expressar minha indignação ao adquirir na banca de jornais o exemplar de uma revista " especializada" em cinofilia.
Ocorreu o seguinte: realizaram uma matéria falando na raça Collie, como pode-se notar pela chamada na imagem da capa da Revista, porém cometeram o erro absurdo de colocar ali um cão de outra raça, e não um Collie.
Quem conhece as duas raças sabe que foi um equívoco, mas e como fica a situação para as pessoas que não sabem diferenciar um Collie de um Pastor de Shetland?
Se pelo menos uma das raças fosse bem recente no Brasil, eu entenderia. Mas não é o caso, até mesmo porque a própria Revista na chamada de sua reportagem disse: "Collie: ícone de muitas décadas". Mesmo essas décadas todas não foram suficientes  para a equipe - diretor editorial, editores chefes, repórteres, checagem e os consultores de cinofilia (confira seus nomes na página que contém o índice das matérias, próximo ao rodapé da revista) aprender a reconhecer um Collie e um Pastor de Shetland?
Bem, eu que convivo com collies há 26 anos estou mais do que segura de ter sido um infeliz equívoco, que "queima o filme" não só da revista, mas das duas raças, a mencionada e a que foi equivocadamente mostrada na capa. Queima o filme porque as pessoas que não sabem que são raças diferentes vão ficar confusas.
Crio a raça desde 2008 - repetindo: convivo com a raça há 26 anos - e esperava poder ter mais confiança na Revista, principalmente por ser especializada em cinofilia.
A foto abaixo é de um Collie. Como não crio nem possuo um Pastor de Shetland para que possa ser exibido aqui - e as imagens e raças comparadas entre si - posso apenas sugerir uma busca de imagens no Google.

Nenhum comentário: